Roteiro gratuito em Montevideo, Uruguai

Oii gente,

Minha volta ao mundo começou por Montevideo, no Uruguai, e me surpreendi positivamente com o país: ruas limpas, pessoas educadas e um local muito seguro para mulheres que viajam sozinha, como eu. Um ponto negativo é o preço, as coisas por aqui são muito caras, principalmente para comer, uma refeição simples não sai por menos de 30 reais.

Por isso, selecionei os highlights de Montevideo e o melhor, todos gratuitos!

Confira o vídeo com os highlights gratuitos de Montevideo ❤

 Outros pontos imperdíveis na cidade

Parque Rodó

Aos domingos as pessoas se reúnem no parque para tomar um mate, conversar, fazer acrobacias circenses, um ambiente muito agradável.

passeio gratis montevideo parque rodo

Por do Sol em Punta Carretas

Um dos pores do sol mais lindos que já presenciei. Atenção apenas ao horário rs aqui o sol se põe às 19h50.

passeio gratis montevideo por do sol punta carretas

Lista de museus

Essa é uma lista com todos os museus de Montevideo, tanto pagos, quanto gratuitos.

museus gratuitos montevideo

Lista de tango em Montevideo

Essa é uma lista com todos os lugares de Montevideo que oferecem aulas e shows de tango.

lista de tango e candome em montevideo

Onde ficar

Fiquei no Student`s Hostel e super recomendo, bem localizado, limpo e excelente custo benefício.

Endereço: Maldonado 1464, 11200 Montevideo

Internet

A internet no Uruguai é excelente, há pontos de wi-fi grátis, porém eu comprei um chip local da operadora Antel por 50 pesos e 35GB, válidos por 10 dias, por 200 pesos, totalizando R$ 28,00 reais.

Dicas gerais para economizar

  • Faça tudo a pé, como eu fiz, ou de ônibus. Pelo aplicativo Moovit é possível ver todas as rotas dos ônibus da cidade ou pelo Google Maps, é só fazer o download offline, pelo celular, que funciona direitinho.
  • Cozinhe no hostel ou no local que você estiver. Há supermercados a cada quadra e sai bem mais barato do que comer fora.
  • Aproveite a lista de museus e procure as versões que não pagam a entrada.

Um beijo,

Fer Toyomoto.

Anúncios

Conhecendo as Cataratas do Iguazú, na Argentina

Oii gente,

A catarata do Iguaçu é considerada a terceira maravilha natural do mundo, é realmente impressionante a beleza do lugar. Há alguns anos visitei as cataratas do lado brasileiro e agora tive o privilégio de visitar novamente o lado da Argentina.

O Parque Nacional Iguazú, como é chamado o lado argentino, tem quase 68 mil hectares de área e fica próximo a Puerto Iguazú. A maior parte dos caminhos são feitos a pé em trilhas ou através das pontes e passarelas, por isso use roupas leves e confortáveis e não se esqueça de água e protetor solar.

Confira o vídeo das Cataratas do Iguazú, na Argentina ❤

O que fazer dentro do parque?

Garganta do Diabo

Uma das principais atrações é a Garganta do Diabo, que tem 80 metros de altura. Para chegar até lá há duas opções ir a pé ou de trem. Os trens possuem horários marcados e esperamos somente 25 min até chegar nossa vez. A vista é linda, porém é super concorrido para fazer uma foto rs.

Circuito Inferior

Com 1.700 metros de extensão, essa trilha passa pela mata e é possível ver as quedas por diferentes perspectivas.

Circuito Superior

Também com entorno de 1.700 metros de extensão, possui vistas panorâmicas das quedas d’água.

Outros passeios

Além desses passeios há outras opções dentro do parque como a Isla San Martín, o Aventura Náutica, Grande Aventura, Passeio Ecológico, Safari de 4×4.

Quanto custa

As taxas são pagas em pesos argentinos, recomendo trocar o dinheiro antes numa casa de câmbio. O valor da entrada para brasileiros é 610 pesos. Já dentro do parque, em restaurantes e lojas, são aceitos cartões de crédito e débito e real.

Como chegar

De carro, ônibus ou táxi. Como eu estava com meu pai e minha avó, optamos por uma viagem mais confortável e tranquila, fechamos o passeio com a Loumar Turismo e pagamos R$ 80,00 o valor de ida e volta.

Documentação

Atenção: não se esqueça de levar sua identidade (precisa ser tirada no máximo há 10 anos, não vale aquela identidade de quando você era criancinha hein) ou cnh / passaporte e, caso esteja com menores de idade desacompanhados de um ou ambos os pais é necessário um documento de autorização de viagem ao exterior.

Dicas gerais
Saia cedo para aproveitar o dia
Cuidado com os quatis, eles mordem e se você bobear eles roubam sua comida rs

Um beijo,

Fer Toyomoto.

Compras no Paraguai: como funciona?

Oii gente,

Somente a 7 km de Foz do Iguaçu, Ciudad del Este, no Paraguai, possui 400 mil habitantes e movimenta 10% do PIB do Paraguai, são mais de 20 mil lojas e é o terceiro maior comércio do mundo, atrás somente de Miami e Hong Kong.

Esses 7 km podem durar uma hora ou mais, dependendo do trânsito na principal via de acesso, a Ponte da Amizade, construída em 1965.

Ciudad del Est é conhecida também pelas lojas de eletrônicos, mas mesmo dentro dos shoppings verifique a procedência dos produtos e pesquise na internet para evitar produtos falsos. Os produtos com a sigla RW são produtos recondicionados por isso o preço é sempre menor.

Para quem for comprar perfumes, segundo a Receita Federal, é permitido levar até seis perfumes, porém precisam ser de tipos diferentes. Para os amantes de vinho, na mala de mão você pode levar até 5 garrafas e até 7 garrafas na mala despachada, totalizando 12 garrafas, cada uma com no máximo 1 litro.

Todas as lojas aceitam reais. O cartão de crédito, geralmente, cobra até 12% de taxa: 5,5% referente a taxa da máquina do cartão e 6,38% de IOF.

Lembre-se sempre de ao comprar testar os produtos na loja. Ah! Vale lembrar também que o limite para compras sem declaração no Brasil é de 300 dólares por pessoa e no Paraguai 500 dólares.

Alguns produtos que os brasileiros não podem levar / despachar: pneu de carro, drone e  skate elétrico.

Confira o vídeo da Ciudad del Est, no Paraguai ❤

Lojas mais famosas
Nissei 
Endereço: Adrian Jara esquina Regimiento Piribebuy Shopping Hijazi Ciudad del Este, 7000, Paraguay

Mega eletrônicos 
Avenida Monseñor Rodriguez esquina Itá Ybaté, Cd. del Este 7000, Paraguay

Shopping China  
3er. Piso Shopping Paris, Av Luis Maria Argaña, Cd. del Este, Paraguay

Segurança
Em geral, achei as ruas bastantes seguras, mas todo cuidado é necessário com os seus pertences e não caia na conversa dos guias de rua, há vários por todos os lados.

Onde comer
Almoçamos na praça de alimentação do Shopping Ciudad del Este, uma ótima opção e bom custo benefício. Outra opção e a praça de alimentação do shopping Paris que possui diversas opções.

Como chegar
Foz do Iguaçu – Ciudad del Este: Ônibus
Loumar turismo 
Valor: R$ 50,00 por pessoa

Um beijo,

Fer Toyomoto.

Dúvidas Sobre Intercâmbio Profissional | AIESEC

Oii gente, muitos tem dúvidas e me perguntam sobre o que é a AIESEC e como funciona o programa de intercâmbio profissional no exterior. Reuni as principais dúvidas de vocês para tentar esclarecê-las.

Confira o vídeo com as principais dúvidas sobre o intercâmbio profissional – Programa Talento Global ❤

O que é a AIESEC?
A AIESEC é um movimento de liderança jovem que busca desenvolver ao máximo as potencialidades humanas.

O que é o programa talento global?
É o programa de intercâmbio profissional, onde a AIESEC oferece todo o suporte referente a documentação necessária, materiais sobre o país, reunião sobre o intercâmbio profissional e alinhamento de expectativas, acompanhamento do intercambista durante sua experiência e suporte local.

Pré – Requisitos

  • Duração do programa: 6 a 78 semanas
  • Idade: 18 à 30 anos
  • Idioma: Inglês e/ou Espanhol avançado/fluente
  • Como funciona: Durante o intercâmbio você realizará projetos em uma empresa internacional.

Benefícios

  • Bolsa auxílio
  • Acomodação (casa compartilhada com outros intercambistas ou sozinho)
  • Transporte e Alimentação (nem todas as vagas possuem transporte e alimentação)
  • Recepção no aeroporto
  • Acompanhamento semanal da experiência

Quais são as etapas do processo?

1 – Enviar o seu CV para encontrar as vagas que melhor se encaixam ao seu perfil.
2 – Criar seu cadastro no site aiesec.org e se aplicar nas vagas escolhidas, é recomendável aplicar a 10 vagas por semana.
3 –  Realizar uma entrevista com a AIESEC do país e com a empresa.
4 – Resposta final se foi aceito(a) ou não na vaga que se aplicou.
5 – Realizar o teste para medir nível de liderança antes do seu intercâmbio.
6 – Assinatura online do Contrato.
7 – Pagamento da taxa administrativa para garantia da vaga.
8 – Auxílio do time de Customer Experience antes e durante o seu intercâmbio.

Quanto custa?

  • Taxa administrativa da AIESEC na ESPM. Valor: R$2460,00 e R$1790,00 para teaching.
  • Seguro saúde
  • Passaporte e visto
  • Passagens
  • Passaporte e visto
  • Custo de vida local

Se você sonha em fazer um intercâmbio profissional, a AIESEC está realizando uma Black Friday com oportunidades no exterior e agora por um valor mais acessível. Para mais informações clique aqui!

Caso tenham dúvidas deixem nos comentários que respondo o mais breve possível.

Um beijo,

Fê Toyomoto.

Intercâmbio Profissional e o Desenvolvimento da Liderança | AIESEC

Oii gente,

Em 2015, eu fiz um intercâmbio profissional pela AIESEC ESPM, onde trabalhei como produtora de conteúdo em uma agência na Índia. Acredito que uma das maiores vantagens de um intercâmbio profissional é o novo olhar para o mundo e aprender a lidar com as diferenças.

Essa resiliência e sensibilidade cultural são fundamentais para o desenvolvimento da liderança. Além da transformação profissional, a transformação pessoal é riquíssima.

Morando um ano na Índia, aprendi a pensar fora da caixinha, a me adaptar a mudanças e a resolver problemas, além de aperfeiçoar minha fluência no inglês. Acredito que essas habilidades foram essenciais para minha volta ao Brasil e para conquistar um cargo de liderança em uma empresa nacional.

Por isso, a AIESEC me convidou para contar um pouco da minha experiência como intercambista na Índia, pelo programa Talentos Globais (programa de intercâmbio profissional).

O Talento Global é uma experiência internacional em empresas durante 3 a 12 meses. As grandes áreas de atuação são: Ensino de Idiomas, Tecnologia da Informação e áreas de Administração, como finanças, gestão, RH e marketing.

Vejam como foi minha experiência e como o dia a dia em uma empresa indiana contribuiu para o desenvolvimento da liderança ❤

Algumas dicas que considero importantes para o processo de adaptação do novo trabalho em um ambiente corporativo internacional:

– Pergunte. Pergunte sobre tudo, para todos. Haverá resistência de alguns, mas você encontrará a resposta.

– Socialize. Comunicação é fundamental, o colega só fala hindi? Comece aprendendo como se fala: Bom dia, tudo bem? Isso ajuda a quebrar o gelo.

– O colega de trabalho não entendeu seu ponto? Repita e esclareça quantas vezes for necessário.

– O chefe não acatou sua ideia logo no começo? Mostre para ele uma nova perspectiva e o por que vale a pena investir na sua ideia.

– Mantenha o foco. Tudo é novidade no começo e a possibilidade de você se dispersar é MUITO grande. Lembre-se sempre da sua prioridade e o motivo que te levou a essa mudança.

– Saiba seus limites e saiba dizer não.

Se você sonha em fazer um intercâmbio profissional, a AIESEC está realizando uma Black Friday com oportunidades no exterior e agora por um valor mais acessível. Para mais informações clique aqui!

Um beijo,

Fê Toyomoto.

 

Viagem longa | Minhas Compras na Decathlon

Fazer a mala de viagem é sempre um dilema né? Em breve farei uma longa viagem (logo vocês saberão mais detalhes), onde pretendo viajar com no máximo 6 kg e uma mochila que funcione para verão e inverno.

Com o tempo, aprendi a lidar com a vaidade na estrada e desapegar, pretendo levar roupas para uma semana e ir lavando, simples assim.

Listando os itens que eu precisaria levar, haviam alguns objetos e peças que eu ainda não tinha, principalmente aqueles de secagem rápida e roupas que fossem bem quentes, mas que não pesasse, afinal vou carregar tudo nas costas.

Fui às compras na Decathlon, minha loja preferida de artigos para viagem. O que precisei comprar:

  • Mochila 50L com capa de chuva embutida
  • Capa de chuva para mochila de ataque – mochila de ataque é aquela onde você leva os seus pertences mais importantes: computador, câmera, documentos, etc.
  • Cadeado sem chave, ninguém merece ficar carregando as chaves
  • Money belt para guardar o dinheiro
  • Toalha de microfibra, seca em 1h, super prática
  • Luz de cabeça – ideal para arrumar a mala, quando você não quer acordar o colega do hostel ou para aquela trilha / acampamento noturno
  • Travesseiro de pescoço – comprei um que você pode usar de 3 maneiras diferentes (veja o vídeo)
  • Capa de chuva
  • Calça bermuda resistente água – ideal para dias chuvosos e trilhas, seca super rápido
  • Casaco fleece – super leve e aguenta até 0 graus
  • Calça térmica – para invernos mais pesados
  • Lençol portátil – esse é um item dispensável, porém se você estiver fazendo um couchsourfing, por exemplo, ou um retiro de meditação você poderá precisar levar o seu  lençol. Esse que comprei é super prático e leve, com secagem rápida.
  • Garrafinha de água resistente – comprei de 500 ml, pois cabe em qualquer bolsa e eu não passo sede rs

Confira todos os detalhes e preços das minhas compras! ❤

Em breve farei um vídeo listando todos os itens que levarei na mala e como organizo minha mochila.

Espero que tenham gostado!

Um beijo,

Fê Toyomoto.

5 dicas para viajantes vegetarianos

Oii gente,

Durante um ano da minha estadia na Índia eu fui vegetariana, ser vegetariana na Índia é fácil, há uma variedade de comida veg. Logo depois me mudei para a Argentina e no meu primeiro final de semana em Mendoza, a família da minha amiga preparou um almoço de domingo para mim: churrasco.  Fiquei com vergonha de recusar a comida que eles tinham preparado com tanto carinho e voltei a comer carne, em menor quantidade, mas ainda comia.

De volta a rotina, voltei a ser vegetariana, me sinto muito melhor em não comer carne, mas Fê e quando você viaja? Pois é, ser vegetariano / vegano não é sinal de passar fome em viagens, só precisa de um pouquinho de planejamento.

Dependendo de onde você estiver viajando, aderir uma dieta vegana pode ser um desafio. Na Índia ou Alemanha, por exemplo, é super fácil encontrar comida vegetariana. Já na zona Rural da Romênia, convenhamos que pode ser um pouco mais complicado, mas se preocupar com o que você come ou bebe não pode impedir você de viajar.

fernanda-toyomoto-vegetariana

Bangkok, Tailândia

Veja 5 dicas para viajantes vegetarianos / veganos:

1 – Apps para celular

A tecnologia está disponível para nos ajudar. Há diversas ferramentas que podem nos ajudar a encontrar restaurantes e locais vegetarianos / veganos como Yelp, TripAdvisor e o Happy Cow, um dos melhores aplicativos para os vegetarianos, ele mostra os locais por categorias: veganos, vegetarianos ou veg-friendly, além de incluir supermercados e organizações veganas.

happy-cow-app-vegetariano

2 – Supermercado

Os supermercados são uma ótima opção, não somente para economizar em longas viagens como para manter sua alimentação sem carne. Em grande parte dos mercados é possível encontrar opções veganas e vegetarianas, como tofu, grãos, vegetais e frutas.

Mesmo que não tenha um restaurante perto, você pode preparar sua refeição. Lembre-se de reservar um hostel, hotel ou Airbnb que tenha uma cozinha que você pode usar. Uma dica é sempre carregar frutas e nuts na sua mochila para aquele momento que a fome apertar.

3 – Não sei o idioma e agora?

O Google Tradutor te ajudará se você não fala a língua local. Use o aplicativo no celular para escanear o ingrediente e a descrição do menu. Outra opção é habilitar o microfone do aplicativo e pedir para um local falar o que é aquele produto / prato, a mágica acontecerá e o Google traduzirá para você. Não será sempre que funcionará 100%, mas palavras como: carne, frango, peixe, leite, queijo, ovo e mel com certeza aparecerão.

google-tradutor

4 – Deixe a vergonha de lado e pergunte

Acabou a bateria do celular? Nessa hora vale até fazer mimica e som dos animais rs, mesmo que você saiba apenas poucas palavras você sempre encontrará pessoas para te ajudar.

comida-vegetariana-viagem

5  – Marmitinha sim!

Tenha sempre em sua mochila frutas e nuts , vai passar o dia todo fora? Um sanduíche com pasta de amendoim pode ser uma boa opção. Use a criatividade e prepare sua comida antes de sair.

Ser vegetariano / vegano não precisa ser uma dificuldade, muito menos uma tortura. Em São Paulo, por exemplo, há diversos restaurantes, bares, feiras e mercados com preços super acessíveis.

Então pegue seu mapa, faça o download de aplicativos, deixe a vergonha de lado e se comunique com as pessoas. Garanto que sua viagem (vegetariana) será incrível.

Boa  viagem!

Um beijo,

Fê Toyomoto.