Passo a Passo Plantação de Arroz | Living Land Rice Experience, Laos

Oii gente,

Sabe aquele arroz que comemos todos os dias? Pois é, antes de conhecer uma fazenda de arroz eu não tinha ideia do trabalho que dava todo o processo de plantação. Conheci a Living Land Rice Experience, em Luang Prabang no Laos.

Confira os 14 passos para plantar, cultivar, colher e preparar o arroz ❤

#1: Selecionando o Grão – Para encontrar os melhores grãos, eles são colocados em uma solução de água com sal: os que ficarem no fundo são considerados saudáveis e bons para o plantio e os grãos ruins ficam na superfície e são dados ao gado como alimento.

#2: Plantando as sementes em um local onde as condições sejam controladas, enquanto as mudas crescem.

#3: Arar o Campo – Quando as mudas estiverem fortes o suficiente, é hora de arar o campo. A Fazenda conta com o búfalo, Rudolf, para ajudar na lavoura.

#4: Transplantando as mudas e plantando-as.

#5: Irrigação – O sistema de irrigação rega automaticamente o campo e bloqueia os canais com lama. É uma técnica simples e eficaz.

#6: Colheita – Se atrasar a colheita o arroz fica inutilizável, por isso os agricultores estão sempre atentos às datas. Os talos são cortados perto da base usando uma foice, e depois deixados para secar ao sol por alguns dias.

#7: Batendo – Quando o arroz está seco, os grãos são batidos em tabuleiro para separar o talo do grão.

#8: Limpeza – Enquanto bate os caules, muitas cascas caem nos grãos de arroz. Como são mais leves que os grãos, a maneira mais fácil de separá-los é usar um “leque” para separar os grãos das cascas.

#9: Embalagem e armazenamento – O arroz é carregado em cestos para ser transportado para as casas ou para o armazenamento.

#10: Descascando o arroz – As cascas são separadas por um “dispositivo” de madeira.

#11: Separando grãos das cascas – Nos passos anteriores, as cascas foram removidas fisicamente dos grãos, mas ainda precisa separar os grãos comestíveis das cascas. Então, as mulheres usam bandejas de bambu para remover o arroz até que todas as cascas mais leves “voem”.

#12: O arroz fica de molho por três horas.

#13: Cozinhamento – O arroz é cozido no vapor por 30 minutos. Eles usam uma cesta de bambu que fica no topo de uma panela de água fervente.

#14: Hora de comer – O estágio mais fácil, comer o arroz cozido e alguns outros lanches feitos de arroz.

Living Land Rice Experience, Laos
Onde: Ban Phong Van, Luang Prabang Town
Quanto: toda a experiência custa cerca de R$ 190,00.

Espero que tenham gostado.

Um beijo,

Fê Toyomoto.

Anúncios

A Verdade Por Trás da Cerimônia Alms Giving no Laos

Oii gente,

A Cerimônia das Almas, Alms Giving em inglês, é um dos rituais mais importantes do Laos. A entrega da comida, para os cerca de 200 monges, ocorre diariamente por volta das 6h da manhã, iniciando pela rua principal de Luang Prabang, onde habitantes locais e turistas oferecem comida para os monges em forma de gratidão.

Os alimentos doados são parte da única refeição diária consumida por eles. As oferendas mais comuns incluem arroz, frutas frescas, lanches e doces tradicionais. Hoje em dia também são doados balas, chocolates, e até mesmo dinheiro, que antes não era permitido.

A tradição existe desde o século XIV, porém, também, virou um comércio. Nas ruas, há diversos vendedores ambulantes, vendendo comida por um preço bastante elevado, além de reservarem lugares nas calçadas para as pessoas que compraram os kits de comida.  

Assim que os monges arrecadam as oferendas que desejam, muita comida é jogada fora, que é recolhida pelos ambulantes, onde eles remontam novos kits para venderem no dia seguinte. O restante da comida é recolhida por crianças pobres que vivem na região.

Tecnicamente durante a procissão os monges estão meditando e orando, por isso não devem ser distraídos ou incomodados. Fotos são permitidas desde que não tenham flash, mantendo uma distância de 3m dos monges para não incomodá-los.

Algumas dicas para quem quiser participar da cerimônia: ombros e pernas devem ser cobertos, caso compre comida na rua não negocie o preço, isso é considerado altamente desrespeitoso.

Confira o vídeo sobre a Cerimônia das Almas, Alms Giving, no Laos!

Um beijo,

Fer Toyomoto.

Conheça a Biblioteca de Luang Prabang, Laos

Oii gente,

A principal fonte de renda de um habitante do Laos é a agricultura, onde em muitas regiões os livros são considerados artigos de luxo, quase inacessíveis para algumas comunidades.

A Biblioteca de Luang Prabang tem um projeto muito interessante que promove a leitura em aldeias rurais vizinhas. Na parede da biblioteca há as chamadas “book bags” com espaços para colocar livros, onde as pessoas são encorajadas a comprá-los e depois colocá-los em um dos compartimentos da bolsa.

Quando há 100 livros em uma “mochila” ela é retirada e levada até as escolas. Cada book bag atende até 180 crianças e contém livros para idades de 3 a 18 anos, eles são emprestados aos alunos por um período de 2 a 6 semanas para que haja rotatividade entre a comunidade.

Qualquer pessoa pode ir até a biblioteca e fazer uma doação a partir de $2 dólares, uma book bag completa custa $300 dólares. É possível participar, também, doando livros e a biblioteca os venderá para arrecadar mais fundos.

Os livros estão todos em inglês, laosiano e chinês, perguntei ao bibliotecário porque em chinês, ele me disse que a China investe muito na educação das crianças do Laos, pois elas serão mão de obra no futuro para as fábricas chinesas. Independente da visão capitalista, o projeto é muito bacana e ajuda diversas crianças da zona rural.

Ficou curioso (a) para conhecer Biblioteca de Luang Prabang? Confira o vídeo ❤

Onde: Sisavangvong Road, Cidade de Luang Prabang, Laos

Horário de funcionamento: Segunda a sexta: 8h às 17h, sábado e domingo 9h às 16h.

Para conhecer o projeto clique aqui

Bookbag Library Luang Prabang

Foto: Reprodução

Bookbag Library Luang Prabang

Foto: Reprodução

Library Luang Prabang

Library Luang Prabang

Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho desse projeto ❤

Um beijo,

Fer Toyomoto.